Translate

quarta-feira, 3 de outubro de 2012

PALESTRA - REENCARNAÇÃO

Reencarnação
"NASCER, MORRER, RENASCER AINDA, E PROGREDIR SEMPRE, TAL QUAL A LEI”
Allan Kardec.
Em uma única encarnação é impossível eliminar todos os defeitos, adquirir todas as virtude e aprender tudo o que for necessário para chegar à perfeição, por isso reencarnamos várias vezes.

Em cada encarnação recebemos um novo corpo físico, nascemos em uma nova família, exercemos outras profissões, e trazemos certas doenças.

Quantas vezes precisaremos reencarnar para atingirmos a perfeição? 

Isso não sabemos, pois depende de cada um. A única afirmativa que temos, é que todos seremos perfeitos. É da Lei de Deus.

Se em nossa encarnação, ficarmos revoltados com os nossos problemas, insatisfeitos com nosso corpo, com a nossa família, com a nossa profissão, com a nossa condição financeira, inconformados com as doenças que carregamos, com certeza não estaremos evoluindo, ficaremos estacionados e talvez, acumulando dívidas, pois sempre culpamos o outro pelos nossos problemas e infelicidades. Nesse caso, precisaremos de mais reencarnações para evoluir.

Agora, se em nossa encarnação, entendermos que o nosso corpo, a nossa família, a profissão, o nossa condição financeira e as doenças que temos, fazem parte do meio que nos auxilia ao trabalho da reforma íntima. Com certeza precisaremos de menos reencarnações para evoluir.

Jesus disse: - “Eu sou o Caminho a Verdade e a Vida. Ninguém chega ao Pai senão por mim”.

Jesus é um espírito puro e perfeito, que recebeu de Deus, a missão de guiar a humanidade, através de seus exemplos.

Será que Jesus foi criado perfeito por causa dessa missão?

Não! Se pensarmos assim, estaremos julgando Deus como um Pai que dá privilégios a alguns filhos e Deus é justo. 

Deus criou Jesus como todos nós, simples, sem nenhum conhecimento, para que através de reencarnações pudesse atingir a perfeição. 

- Havia um homem que saiu a semear... Ele colocou a sua mão dentro de seu embornal e retirou algumas sementes, lançando-as ao solo.

Algumas sementes caíram em solo duro, vieram alguns pássaros e as levaram embora.

Outras caíram em solo pedregoso... As sementes germinaram, mas não cresceram por falta de terra.

Algumas sementes caíram em solo espinhoso, os espinhos cresceram e as sufocaram.

E por fim, outras caíram em solo fértil, onde a terra havia sido preparada. Elas germinaram, cresceram, floresceram e frutificaram.

Essa parábola "O Semeador” contada por Jesus, retrata as nossas reencarnações. O semeador é Jesus, as sementes, são suas palavras nos convidando a segui-lo.

Em algumas reencarnações Ele nos convidou, mas estávamos com o coração endurecido e não lhe demos ouvidos.

Outras reencarnações Ele nos convidou novamente, e abraçamos o seu convite com muita força, empolgados com a proposta do Reino de Deus, e na minha dificuldade, esfriamos, nos decepcionamos, e viramos as costas, faltou-nos a base da fé.

Em outras reencarnações nos chegou novamente o convite do Mestre, (e como diz a nossa companheira de trabalho, a dona Helena) o mundo nos acenou e nos sufocou, não tivemos tempo para segui-lo.

E por fim, agora nos chega novamente o convite para que segui-lo e estamos preparados, só depende de nossa boa vontade.

O Espiritismo é um despertador de consciência, ele nos mostra quem somos de onde viemos, o que viemos fazer e para onde iremos. Ajudando-nos a diminuir o número de reencarnações dolorosas.

A mais de 50 anos atrás, o médium Francisco Cândido Xavier, o médium mais completo até hoje e aquele que deu continuidade ao trabalho de Allan Kardec, nos sinalizou que o nosso Planeta Terra está se transformando, está evoluindo, pois é da Lei de Deus, a evolução, tudo e todos.

Nosso Planeta está ganhando LUZ.

É da Lei de Deus também que semelhante atrai semelhante. Então, se quisermos fazer parte desse planeta renovado devemos nos renovar.

Tudo tem um preço, o preço da evolução é grande. Devemos lutar conosco mesmo, fazendo a reforma de nossos sentimentos e pensamento. 

Mas saibamos que a recompensa é o Reino de Deus. Onde impera a Paz. A tranquilidade e a felicidade tão almejada por todos nós.


Citação: PROGRESSÃO DOS MUNDOS - Santo Agostinho - Paris 1862
(...)
A Terra, seguindo essa lei (do progresso) esteve material e moralmente num  estado inferior ao de hoje, e atingirá, sob esses dois aspectos, um grau mais avançado. Ela chegou a um de seus períodos de transformação, e via passar de mundo expiatório, a mundo regenerador. Então os homens encontrarão nela a felicidade, porque a lei de Deus a governará.
(Livro Evangelho Segundo o Espiritismo cap. III - Há Muitas Moradas na Casa de Meu Pai.)  

Elaine Saes

Palestra IV ministrada na Casa da Prece Jesus nos Guie  24 de maio de 2012


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por sua mensagem. Será publicada após aprovação.

imprimir pdf